Feira: povo insatisfeito com vereadores e estes com o prefeito/ Por Sérgio Jones*

Colbert no Legislativo feirense

A imprensa local abre destaque para o fato de que o legislativo feirense não conta com uma liderança hegemônica. Embora o executivo disponha de uma base de 19 vereadores, em um universo de 21.

O prefeito de direito e não de fato, Colbert Martins (MDB), conta mesmo com apenas os apoios do infenso presidente José Carneiro (MDB), seguido do inconstante vereador Pablo Roberto (DEM), hoje secretário de Desenvolvimento Social. Há quem arrisque afirmar que ambos têm seguidores, ao que parece tal afirmativa se apresenta como improvável.

Curiosamente, estamos em ano eleitoral com direito a pandemias e outras mazelas políticas. Mas o que nos chama à atenção é número 19, que se tornou cabalístico. Retirando do cenário o presidente do legislativo e do secretário Pablo. Restam 19 vereadores, o mesmo número de apoio da base do governo, só que estes agem por si e de acordo com seus, nem sempre confessáveis, interesses.

O cenário político de todo esse imbróglio que se materializa com a proximidade das eleições, é que o prefeito vai precisar se utilizar de um artifício do qual não dispõe, articulação, que lhe permita transitar com certa tranquilidade entre os edis.

Estes, por sua vez, têm declarado abertamente as suas insatisfações para com o comportamento e atenção que o prefeito vem dispensando a todos eles, que buscam, de forma desesperada, as suas reeleições. Objetivando continuarem usufruindo e se perpetuando no poder que tantos benefícios lhes propiciam, para que continuem engabelando o povo e a sociedade.

O mais revoltante é que todo esse sórdido e macabro ritual segue uma marcha lenta e irreversível sob os olhares cúmplices de um povo totalmente alheio, a triste realidade que os cerca. Todo esse infausto aparato é custeado e bancado pelo suor da classe trabalhadora.

Sérgio Jones, jornalista (sergiojones@live.com)

Leave a Comment

Filed under Sem categoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.