Dom Zanoni critica indiferença do poder público com as mortes em Feira/por Carlos Lima*

Dom Zanoni

O arcebispo metropolitano Dom Zanoni de Castro, durante missa de Nossa senhora Santana, chamou a atenção à população para respeito ao número de mortos.

Conforme Dom Zanoni as pessoas têm agido com heresias e indiferenças, deixando de compartilhar os ensinamentos que Senhora Sant’Ana e São Joaquim, avós de Jesus Cristo, passaram para Ele.

Afirmou também que – diante desta pandemia, nem sempre há postura de cristãos no seguimento a Jesus.

“Detecta-se muita heresia, blasfêmia e abandono ao sofrimento do povo. É muita irresponsabilidade no cuidado com as pessoas, sobretudo os mais pobre, os mais vulneráveis.”

Demostrando profunda preocupação Dom Zanoni denuncia a grande indiferença com o número de mortos em Feira de Santana.

Sugere que se peça perdão pelo apoio a desorientação, a falta de sensibilidade, a negação da ciência e da medicina.

Por ser um tempo de dificuldades quase intransponível, não é motivo para compactuar com Fake News, homicídios, mortes de indígenas e quilombolas, destruição de plantações, queimadas e desmatamentos.

Fica clara a sutil crítica aos governantes.

Carlos Lima, Jornalista

Leave a Comment

Filed under Sem categoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.