Deputado Márcio Marinho o porta voz das trevas/Por Sérgio Jones*

Deputado Márcio Marinho

Em recente declaração feita à imprensa baiana o deputado federal Márcio Marinho (Republicanos) e pastor da Igreja Universal do Reino do Dinheiro (IURD), que dá sustentação ao governo do miliciano Jair Bolsonaro se posicionou, como já era de se esperar, em favor do meliante com quem ele e sua bancada mantém uma aliança espúria e vergonhosa que atenta contra os reais interesses da nação e de seu povo.

Indiferente a situação em que vive os brasileiros o ‘evangélico’ de forma cínica disse com todas as letras, não visualizar nenhum tipo de ambiente que justifique o impeachment do insano presidente Jair Bolsonaro.

Com tal declaração se comporta em total desacordo com as normas em que define um bom cristão, o aprendiz de feiticeiro demonstra um tipo de cegueira altamente conveniente, onde o que prevalece são os seus mesquinhos interesses.

Outra pérola dita por ele, durante a entrevista, foi ao afirmar que a instalação de um processo de impeachment não é simples e fácil de fazer. Mas ao que parece é que foi com relação ao governo de Dilma Rousseff, que começou a ser articulado pelas forças do atraso, no mesmo instante em que a presidente se saiu vencedora nas urnas. Mesmo não tendo comprovado nenhum tipo de falcatrua cometida por ela, foi expurgada do poder.

A declaração e justificativa dada pelo dublê de deputado e pastor está em total desacordo e desafina até mesmo, com a opinião de parte daqueles que inicialmente deram sustentação à besta. As declarações de Marinho vêm sendo consideradas como desonrosas. Pois se utiliza ele, de argumentos sórdidos e pouco convincente: “ É evidente que a oposição faz o seu papel dando entrada em vários pedidos de impeachment ao pontuar várias questões administrativas”. E arremata, alegando ser esse o papel da oposição.

Dando sequência aos seus odiosos argumentos impatrióticos disse que a Câmara dos Deputados não ver nenhum tipo de ambiente para articular um processo de impeachment contra o Presidente da República. E que a mesma tem, desde o início da pandemia, mostrado uma responsabilidade e uma maturidade muito grande, para com a sociedade brasileira. “Principalmente, com as pessoas que mais precisam de uma resposta mais rápida do poder público. A gente tem batalhado muito”.

Com políticos desse nível fica difícil e quase impossível de se ter um país considerado minimamente decente. Pois o povo tem que conviver com tipos como a bancada bala, religiosa, ruralista e mais recentemente o Centrão. Sendo este um dos mais execráveis. Abriga em suas hostes o que existe de mais abominável na espécie humana.

Este grupo ‘seleto’ de políticos tem sido os responsáveis pelas mazelas que assolam o país, eles estão literalmente empenhados em desmontar o que resta da nação brasileira.

Sérgio Jones, jornalista (sergiojones@live.com)

Leave a Comment

Filed under Sem categoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.