Legislativo feirense no olho do furacão/Por Sérgio Jones *

Câmara Municipal de Feira de Santana

Mais uma vez o legislativo feirense volta a ser alvo de escândalo não só no campo político como também por suspeita de malversação na aplicação do dinheiro público e por comportamento impróprio que compromete o decoro da instituição.

A ameaça de denunciar as prováveis irregularidades e falcatruas cometidas pelo órgão, gestão do presidente José Carneiro, pode partir de Ícaro Ivvin que ocupou até recentemente, a pasta de serviços público da Câmara Municipal de Feira de Santana.

A possibilidade desse fato se tornar realidade foi abordado no programa do Caldeirão do Paulão. Ícaro ocupa, atualmente, a pasta de serviços públicos do executivo feirense. Ele foi acusado por assédio sexual, e se diz vítima de armação perpetrada pelo legislativo.

Importante observar que durante a acusação, vereadores que integram o grupo de diretos humanos estiveram na Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) para cobrar um posicionamento e, no caso de comprovado a denúncia, adotar as medidas punitivas que a situação exige.

O curioso é que entre os vereadores presentes, Isaias de Diogo é o que tem demonstrado maior empenho em denunciar e buscar punição para o ex-amigo e protegido político. O que mudou, Diogo busca justiça ou algum tipo de vingança?

Retrospectiva

O que não se entende é o comportamento exacerbado e o empenho do vereador, em toda essa peleja. Não estou a defender que ele deve compactuar com essa prática de crime, menos ainda defender o culpado de ter cometido o suposto crime.

Mas não podemos deixar de observar que até algum tempo atrás o acusado assumiu a pasta de serviços públicos do legislativo graças a indicação do vereador Isaias e do deputado federal Irmão Lázaro; também este vereador juntamente com o presidente da Câmara, José Carneiro, foram autores da comenda Maria Quitéria, concedida ao mesmo.

Durante a posse do acusado na condição de procurador e secretário do executivo feirense, esse mesmo legislador fez um pronunciamento rasgado de elogios e dando considerável destaque à nomeação do advogado, no cargo.

O que houve ao longo de todo esse tempo para que houvesse essa súbita mudança, por parte do edil? Com esse comportamento o cenário de todo esse imbróglio pode provocar uma drástica mudança no desgastado cenário do legislativo, colocando-o em uma tremenda saia justa, caso Ícaro resolva dar com a língua nos dentes.

Afinal, como todos estão carecas de saber, esse poder não é um exemplo dignificante que o permita posar como um órgão totalmente de caráter ilibado. Só nos resta agora, aguardar o desenrolar dos fatos.

Sérgio Jones, jornalista (sergiojones@live.com)

Leave a Comment

Filed under Sem categoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.