A falta de cultura do brasileiro/Por Alberto Peixoto

O descaso com a Educação e Cultura avilta os salários dos educadores
FOTO: JustPeixoto

Um fato curioso está acontecendo com o povo brasileiro. É notório que o atual governo está usurpando dos trabalhadores seus direitos “garantidos” na Constituição Federal. Os pobres cada vez mais pobres, o índice de desemprego aumentando de forma alarmante e, estes que estão tendo seus direitos aviltados, não reagem, não se manifestam e não tem uma atitude para frear esta situação escabrosa.

Por que esta falta de atitude do povo brasileiro, principalmente do trabalhador que está sendo criminosamente escravizado?

A população brasileira, segundo o IBOPE, 29% são considerados analfabetos funcionais e 8% analfabetos absolutos – são os que não conseguem ler e nem escrever uma frase ou uma palavra – cenário propício para os políticos de qualidades ínfimas terem sucesso absoluto.

Junta-se a estes dados, o percentual alarmante de analfabetos políticos no Brasil”. Lamentavelmente este inconveniente está presente nos três Poderes da República, Ministério Público, na esfera acadêmica, imprensa, no mundo religioso e em toda sociedade brasileira. Pode-se dizer que 99% do brasileiro é analfabeto político, inclusive os políticos.    

A falta de capacitação leva o brasileiro a não ter um poder de decisão mais apurado. Não possui uma visão política aguçada o que lhe transforma em massa de manobra; um “Maria vai com as outras”, com cultura de botequim. Não é capacitado o suficiente para emitir um parecer; não conhece os seus direitos, muito menos ter discernimento suficiente para lutar por eles.

Infelizmente neste país, o que leva às ruas um número às vezes superior a casa dos dois milhões de pessoas são as passeatas gays, caminhadas evangélicas em busca de Jesus, marchas em prol da liberação da maconha e movimento em protesto porque o time de futebol do coração foi rebaixado.

A situação é vexatória, mas os verdadeiros culpados são todos aqueles que, direta ou indiretamente prejudicados, os que tem o mínimo de intelectualidade, mas cruzam os braços e ficam a ver “a banda passar”. Como já diz o próprio hino Nacional: “Deitado eternamente em berço esplêndido

Alberto Peixoto, Escritor

comendadoralbert@bol.com.br

1 Comment

Filed under Sem categoria

One Response to A falta de cultura do brasileiro/Por Alberto Peixoto

  1. Sergio Jones

    Infelizmente a nossa realidade é essa e ao que parece que para sofrer qualquer tipo de mudança, para melhor, vai demandar ainda muito tempo. Enquanto isso, os párias sociais vão continuar usufruindo, tranquilamente, dos podres poderes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.