Bolsonaro: o flagelo da fome/ Por Sérgio Jones

Bolsonaro dissemina fome na família pobre no Brasil

Mais uma vez, o inconsequente presidente Jair Bolsonaro (PL) dar com os burros n’água ao prometer reajuste de 5% que estava sendo discutidos para este ano aos servidores públicos.Bolsonaro dissemina fome na família pobre no Brasil

Segundo ele, as despesas do governo federal impedem que o plano inicial, que era cortar verbas ministeriais para conceder o reajuste. A declaração foi feita nesta segunda-feira (13), na Esplanada dos Ministérios.

“Perdeu o servidor, está sem reajuste, eu lamento. Chegou mais uma conta para eu pagar agora, mais R$ 9 bilhões. Eu tenho teto. Vou cortar de tudo quanto é ministério, até de Saúde e Educação. Entrou o Plano Safra, entraram precatórios, entrou bônus. A ideia minha era dar pelo menos 5% para o servidor, cortando de ministérios. Lamentavelmente, não tem reajuste para servidor”, adiantou.

O mais curioso e imoral é que ninguém nesse país é dado a fazer sacrifícios, até mesmo diante de uma das maiores crises enfrentadas no calendário histórico da nação.

Em que a sua população, mais uma vez, volta a integrar o mapa da fome.

Diante de toda essa tragédia desencadeada por um governo comprovadamente inepto, para exercer um cargo de elevada importância e responsabilidade social. Através de sua criminosa administração tem conduzido milhões de pessoas a sofrerem como o flagelo da fome.

Este flagelo, como é do conhecimento geral, obedece a causas diversas como a perda de fonte de renda, desemprego, pobreza, preços elevados, entre outras mazelas que afetam cerca de 41% da população brasileira que já se encontram sofrendo com algum grau de insegurança alimentar, entre os mais prejudicados estão as crianças.

Mesmo diante dessa brutal realidade, Bolsonaro se refere ao aumento do servidor como uma tentativa de valorização dos mesmos. Mas toda essa conversa pode ser considerada como peça de retórica.

O que está em jogo passa pela reeleição dele para que possa continuar o seu maléfico projeto engendrado para promover o desmonte da sociedade brasileira.

Desmonte que tem tudo a ver com as dificuldades enfrentadas pela população, cada vez mais mal servida, em suas necessidades primarias.

Sérgio Jones, jornalista (sergiojones@live.com)

Leave a Comment

Filed under Sem categoria

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.