Bolsonaro: imbecil por excelência lidera agressões contra jornalistas/ Por Sérgio Jones*

AGRESSÕES INCENTIVADAS POR BOLSONARO

Como é do conhecimento geral e já se tornou rotineiro em todo o país o presidente da República Jair Bolsonaro tem sido responsável isolado por 175 agressões contra jornalistas. O que corresponde que a cada dois dias, ele agredisse um profissional de comunicação.

A triste figura do Bolsonaro quando abre aquela cloaca que ele considera como se boca fosse, dali só é expelida asneiras. Registros realizados recentemente pela Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ) indicam que o arremedo de mandatário é responsável por 40% dos registros de agressões direcionadas contra profissionais da imprensa, em 2020.

O que significa que as agressões e a violência verbal mais que dobrou em relação a 2019, de 208 para 428 casos. Aumento em torno de 105,77% nas agressões.

Como todos sabem, e os que ainda não sabem deveriam saber, é que o bolsonarismo é uma aberração política de extrema direita, capitaneado pelo Capitão Cloroquina Jair Bolsonaro. Essas agressões são ampliadas por meio de seus seguidores o conhecido gado em confinamento que costuma principalmente se aglomerar no cercadinho de Brasília e pelo gabinete do ódio.

De acordo com avaliação da presidenta da Fenaj, Maria José Braga. Ela acredita que a situação tende a se agravar com ataques perpetrados por parte do grupo que apoia a Besta travestido de chefe de Estado.

Ela acredita que este modelo de estratégia bizarra tem como finalidade desacreditar a imprensa. E para que parte da população continue se informando nas bolhas bolsonaristas, responsáveis pela propagação de informações falsas ou fraudulentas.

Ela alerta para a necessidade da categoria dos jornalistas se despertar para a gravidade da situação no Brasil. E para que se busquem soluções coletivas, que só será possível através do processo de organização da categoria.

Sérgio Jones, jornalista (sergiojones@live.com)

Leave a Comment

Filed under Sem categoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.