Colbert se nega e justiça obriga a promover transparência nos gastos públicos com pandemia / Por Sérgio Jones*

Prefeito Colbert e Denise Mascarenhas Sec. Saúde

O que existe de tão errado na administração do prefeito de direito e não de fato, Colbert Martins. Pra que fosse necessário gerar uma ação civil pública ajuizada pelo Ministério Público Estadual para que a Lei de Acesso à Informação nos gastos público venha a ser prontamente cumprida. O que tem o governo a esconder?

O pedido da ação civil foi ajuizado por meio da promotora de Justiça Monia Lopes Ghignone que destacou a falta de transparência e acesso à informação nos gastos públicos e à Lei n° 13.979/2020 que dispõe sobre as medidas para enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do coronavírus responsável pelo surto de 2019.

Diante do exposto e do comportamento bastante suspeito adotado por parte do poder público feirense, tal comportamento fez com que o juiz Roque Ruy Barbosa de Araújo determinasse que as informações sejam publicadas em site oficial específico, contendo informações detalhadas sobre as contratações ou aquisições realizadas para enfrentamento da pandemia do novo coronavírus, em prazo determinado nesses próximos 15 dias.

A resistência demonstrada pelo atual governo em cumprir a lei é grave e abre um forte precedente para que seja gerado todo tipo de especulações, sendo a principal de que haja suspeita da existência de algo totalmente ilícito, que os podres poderes não querem que ganhe visibilidade e chegue ao conhecimento do público.

Se existe algo de suspeito, como se comportará a atual gestão, vai tentar maquiar, manipular dados? Só nos resta aguarda os resultados e desfecho dessa situação bastante curiosa, mas não tão incomum quando se trata de assuntos de má gestão na aplicação dos recursos públicos, em nosso país.

Sérgio Jones, jornalista (sergiojones@live.com)

Leave a Comment

Filed under Sem categoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.