Detector de corruptos, o terror dos políticos/ Sérgio Jones*

De acordo com notícias divulgadas pela imprensa local, desde quarta-feira (20), a Câmara Municipal de Feira de Santana está realizando através de um aparelhinho a medição de temperatura de todas as pessoas que visitam o Legislativo. O objetivo é controlar a propagação do novo Coronavírus, já que a febre é um dos sintomas apresentados pela Covid-19.

Tal notícia mexeu com a minha imaginação e eu cheguei a seguinte conclusão, já pensou se em um futuro próximo inventarem um detector de corruptos, tendo como meta conter o grau de corrupção existente no país. Será que os membros do legislativo feirense admitiriam se submeterem ao teste, acredito que não, o vexame seria total, ninguém se colocaria a salvo. A Casa da Cidadania seria esvaziada, o local seria transformando em um ambiente fantasma.

Acredito que este mesmo processo ocorreriam nos demais poderes. O impacto causado pelo tal aparelho seria muito mais danoso para esses setores e os estragos causados neles, seriam muito superiores aos que estão sendo provocados, atualmente, pelo Covid-19.

Em quanto isso não acontece, eu torço com todas as forças para que essa maquininha infernal seja inventada, o mais rápido possível, e venha se ombrear com os testes dos polígrafos forenses, detectador de mentiras. Que já prestam relevantes serviços, nas investigações criminais.

Sérgio Jones, jornalista (sergiojones@live.com)

Leave a Comment

Filed under Sem categoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.