O Brasil na versão moderna da “Gaiola das Loucas”/Por: José Manuel Cruz Cebola

OLHA O QUE ESTA MINISTRA DIZ

O que os brasileiros elegeram para governar o País!
FOTO: Arquivos Google

Tem que GENTE masturbar seus filhos com 7 meses de idade gente
Este são os mais preparados para Brasil…

Mila, ao ler este teu comentário, não pude evitar ir efectuar uma pesquisa mais aprofundada sobre essa mulher.

Para já, e para que conste, ela tem ódio a tudo o que tem a ver com sexo. Ódio esse derivado do facto de ela ter sido estuprada na idade de 6 anos. Duas vezes. Curiosamente, por ‘pastores’ da sua seita.

Deixo no final a ligação para um vídeo de uma das suas pregações.

Após o visionar, cheguei a várias conclusões. A primeira e mais importante é que essa mulher é das pessoas intelectualmente mais desonestas que eu já vi em toda a minha vida.. Nessa pregação, ela mistura alhos com bugalhos, mente, distorce. Até foi fazer referência a um caderninho publicado em 2002 (o PT assumiu o poder em 2003 !)

“Todas as instituições que defendem crianças faliram e falharam na proteção da infância no Brasil. A escola falhou, não é mais um lugar seguro para as crianças. Os clubes não são seguros. Nem os consultórios médicos são mais seguros. Não existe lugar seguro. Todos falharam. Só há um lugar seguro: a igreja, o templo”, disse ela em um vídeo identificado como uma palestra da União de Crianças da Assembleia de Deus de Brasília.
Tá “serto”, como se diz na língua dos memes…

Com tantos casos de pastores evangélicos seus ‘compagnons de route’ que abusam ou estupram crianças, as afirmações de Damares Alves são completamente desconectadas da realidade e por isso inadmissíveis para uma ocupante de cargo público no primeiríssimo escalão.

Uma pesquisa rápida no Google pelas palavras “pastor abusa” recupera notícias como “Pastor preso dava dinheiro após abusar de adolescentes e crianças”, “Pastor evangélico é acusado de abusar sexualmente de neta” e “Pastor é acusado de abusar de criança de 5 anos”.

São manchetes de crimes registrados no Mato Grosso, Paraná e Minas Gerais, respectivamente, mas há outros registos semelhantes.

Um caso recente no Espírito Santo foi notícia nacional pela crueldade. O pastor evangélico Georgeval Alves foi preso acusado de estuprar e agredir o enteado e o filho, de seis e três anos, e em seguida atear fogo nas crianças ainda vivas para simular um incêndio acidental.

O problema é que Damares parece mais íntima da Bíblia que da Constituição Federal, condição que a capacita para uma gestão apocalíptica à frente do ministério. Às mulheres, aos LGBT, indígenas demais minorias amparadas pela pasta, resta se preparar para o que virá, porque 2019 promete.

Deveria, por isso, haver uma certa atenção das autoridades em relação aos pastores e pastoras de má índole. Mas como a futura ministra disse, a igreja é um lugar seguro.

https://www.youtube.com/watch?v=Kik2aR3YT4A

José Manuel Cruz Cebola-Crítico

Sintra/Portugal

Leave a Comment

Filed under Sem categoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.