A liberdade de livre escolha

O brasileiro está perdendo o direito da livre escolha
FOTO: arquivos Google

Deus concedeu às pessoas o Livre Arbítrio. Isto significa que o ser humano tem idoneidade total para decidir suas ações. Porém, os “coxinhas” da direita brasileira, a todo o momento tentam extinguir este direito inalienável dos indivíduos.

A liberdade de livre escolha no Brasil, seja em qualquer segmento, é muito difícil, a começar pelos religiosos, principalmente os protestantes, que se auto intitulam escolhidos por Deus e com lugar garantido no céu. Os fiéis deste culto são intransigentes, não respeitam e nem aceitam a escolha das outras pessoas por outra religião que não seja a que ele professa.

A intolerância religiosa dos protestantes gera uma confusão na cabeça de suas “vítimas”, levando-as a tomar a decisão de se acharem agnósticas (teísta ou ateísta), mas na realidade não é nada disso. É o efeito da intolerância religiosa que cerceia todos os seus direitos materiais e espirituais, conspirando para que se sintam agnósticas. Eles bem sabem que existe um Criador para tudo que se encontra na face da terra. E no Universo? Claro que o Universo também foi criado por um Ser superior. Não importa o Seu nome.

Mas o protestante não para de perseguir os indivíduos até conseguir seu intento ou, até quem sabe, gerar uma desarmonia nas relações entre ambos. A intolerância religiosa cerceia os direitos de livre escolha.

O mesmo acontece na política partidária. Existe uma polarização política na sociedade brasileira muito evidente. Porém, os que se dizem de direita, cometem um engano teórico sobre o que é ser de direita, de esquerda e o que venha a ser o nazismo. Os “coxinhas” de direita, por falta de argumento, procuram iludir as pessoas – principalmente as menos esclarecidas – transparecendo que a esquerda brasileira quer instaurar uma ditadura comunista-esquerdista no Brasil.

Quem denomina os partidos de esquerda brasileiros, principalmente o PT, de comunista, demonstra um total desconhecimento sobre o verdadeiro significado desta expressão. Esta prática é utilizada pelos imprudentes de direita (que nem sabem o que venha a ser direita ou esquerda política), na tentativa de extinguir o direito de livre escolha do cidadão, amedrontando seus adversários com a desinformação (terrorismo psicológico).

Essa farfalhada foi muito utilizada no “Estado Novo” da ditadura militar e hoje também é excessivamente utilizada pela Rede Globo de Comunicação. Essa atitude sempre fez parte do jogo político rasteiro dos veículos de comunicação que compõem o PIG – Partido da Imprensa Golpista. Veículos estes, que deveriam exercer seu papel de informar com imparcialidade, sem induzir opiniões.

Deus deu ao homem o direito de escolher qualquer coisa, a qualquer momento. O “livre Arbítrio” é um conceito defendido como importante ferramenta para a ponderação moral e ética por várias autoridades e conceitos religiosos. Portanto é fundamental que você não abra mão de exercer todos os seus direitos.

Alberto Peixoto – Escritor

reyapeixoto@yahoo.com.br

Leave a Comment

Filed under Sem categoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.