O apostolado de Temer

O presidente golpista Michel Temer, também resolveu criar um apostolado

Apostolado é uma palavra de origem grega que significa “enviado”. No passado fez referência ao chamamento de Jesus aos apóstolos para continuarem com sua própria missão. Jesus convocou 12 homens de sua confiança, e entre eles havia um, cujo nome era Judas, o mais culto de todos, que veio a lhe trair. Até Jesus teve o seu Temer, o Traíra.

Nos dias atuais acontecem fatos – levando em conta um grupo de apóstolos do momento – muito parecidos. O presidente golpista Michel Temer, o traíra ou Judas do século XXI, também resolveu criar um apostolado. Porém, o apostolado ou grupo – quadrilha – de pessoas que fazem parte desta congregação, é bem maior do que os seguidores de Jesus Cristo

A missão dos apóstolos de Jesus Cristo era anunciar o Reino de Deus por todo o mundo, nos salvar do pecado, da ilegalidade, da desgraça e também do mau-caratismo, entre outras coisas mais. Já a missão dos apóstolos de Michel Temer é disseminar a corrupção por todo o país e fazer tudo que vai de encontro aos ensinamentos do Mestre.

Roubar, receber propina, são as palavras-chave da Bíblia golpista entre outra da mesma linhagem.

Um dos principais apóstolos deste bando de xixiqueiros por vocação – propineiros – o quase ex-Senador Aécio Neves (PSDB/MG), está em vias de ser cassado pelo Senado. Segundo o Deputado petista Rogério Correia, o apóstolo de Temer – talvez um dos principais – foi pego com a boca na botija negociando e recebendo propinas da JBS.

“Receber propina é quebra grave de decoro; nas gravações da JBS, Aécio pede, negocia propinas com Joesley Batista; e quatro malas com R$ 500 mil cada, são entregues a seu primo Fred Pachedo, que está em prisão domiciliar”, afirma o deputado Rogério Correia.

E boa parte do povo brasileiro, que pertence a outro apostolado, é quem paga a conta.

Alberto Peixoto – Escritor

Leave a Comment

Filed under Sem categoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.