A cruz do povo brasileiro

Presidente Michel Temer acompanhado da primeira-dama, Marcela Temer, na cerimônia de comemoração pelo Dia Internacional da Mulher, no Palácio do Planalto. Discuso misógino do presidente Temer é criticado.

No início do primeiro milênio da Era Cristã, o castigo para aqueles que não obedeciam aos ditames de Roma – que tinha Israel sob seu jugo – com tortura e crucificação, seus corpos desfalecidos eram jogados aos animais ferozes, aos corvos e urubus.

No Brasil contemporâneo, as ocorrências não são muito diferentes destas e das atrocidades da época de Jesus Cristo.

A cruz e o flagelo que foi imposto ao nosso Irmão Maior pelo traidor e covarde Pilatos – pior do que Judas – estão sendo estabelecidos pelo Pilatos brasileiro do século XXI; Michel Temer, o traíra do povo brasileiro, principalmente dos negros, pobres e jovens que estão iniciando a vida profissional.

Jesus Cristo foi de encontro aos interesses de Caifás, Sumo Sacerdote que estava profanando o Templo de Jerusalém, transformando-o em um centro comercial. Lá, negociavam-se todo tipo de transações como também cambiavam moedas. Ao proibir a comercialização no Templo, Jesus trouxe prejuízos financeiros não só para Caifás, como para Anás, sogro do Sumo Sacerdote, e seus quatro filhos que trabalhavam no Templo e viviam dos negócios escusos do Templo.

Com a reforma da Previdência, um sistema injusto está sendo imposto atualmente à sociedade brasileira. Os índices de desemprego crescendo assustadoramente; subtração de direitos sociais; falta de investimentos na educação e na saúde; isto é, uma austeridade insana, mas só para os mais desvalidos. O golpe mergulhou o País na maior recessão da sua história!

Os golpistas brasileiros, aproveitando o analfabetismo político da população, fizeram com que esta acreditasse que só o Impeachment da Presidente Dilma Rousseff poderia a economia brasileira voltar a crescer. E deu no que deu, ou seja: uma retração histórica da economia brasileira, com o PIB recuando 3,6% em 2016. Recessão só vista antes em 1930 e 1931.

Como se não bastasse esta guerra de absurdos, o mordomo-golpista Temer, em solenidade no Palácio do Planalto, em comemoração ao dia internacional das mulheres, teve a cara de pau de pronunciar a seguinte frase: “as mulheres servem para fiscalizar os preços nos supermercados”. Esta vai para as belas, recatadas e do lar que faziam panelaços. Com certeza foram verificar os preços das panelas.

Jesus Cristo foi crucificado uma vez. O povo brasileiro é crucificado todos os dias pelos desmandos deste Pilatos fajuto, golpista e corrupto. Não tomem como surpresa se ele, e o Caifás Jucá, derem entrada em um projeto revogando a “Lei Áurea”, afinal de contas, o início foi dado com a reforma das leis trabalhistas. Conforme noticia o site http://alertasocial.com.br/ : “tão logo acabe a folia popular, o projeto de lei que libera a terceirização irrestrita de trabalhadores pelas empresas vai ser levado à votação”.

Caifás, Pilatos e Judas (que devem estar morrendo de inveja do golpista), nunca deixaram de existir neste País “gigante pela própria natureza, mas que dorme eternamente em berço esplêndido”!

Leave a Comment

Filed under Sem categoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.