Monthly Archives: Abril 2016

A força da mulher

Moema

A bancada das mulheres não aceitou e não irá aceitar os arbítrios de Cunha.

Marcela Temer é bela, recatada e “do lar”. Esta frase está sendo, nos últimos dias, mais pronunciada do que o hino do Flamengo em dias de Fla X Flu no Maracanã. Virou mania nacional. Outros chegam a dizer: que mulher de sorte! Casada com o “Vice Presidente” Michel Temer a treze anos; ela com 32 anos de idade e ele com 75, formam um belo casal que nada soma para o Brasil. Ao contrário: só destrói.

Na realidade quem soma mesmo para este País são mulheres como as deputadas Moema Gramacho (PT-BA), Luiza Erundina (PSOL-SP) e tantas outras que compõem a bancada das mulheres que no dia 27, ocuparam as tribunas da Câmara e destituíram simbolicamente Eduardo Cunha do cargo de Presidente da Câmara, impedindo-o de presidir a sessão.

Tudo começou quando Eduardo Cunha colocou em votação um requerimento de seu interesse e perdeu no plenário. E, como sempre, não aceitando o resultado desta votação, logo em seguida tentou articular manobras para que sua vontade prevalecesse contra os direitos das mulheres; assunto este, que fazia parte do requerimento.

A bancada das mulheres não aceitou as manobras arbitrárias de Cunha e em protesto, segundo alguns veículos de comunicação, com um ato de coragem invadiram as tribunas da Câmara, não deixando Cunha levar suas manobras adiante; tendo que retroceder em suas ações “golpistas”. A bancada das mulheres não aceitou e não irá aceitar os arbítrios de Cunha.

Em que País nós vivemos? Um País em que, um dos maiores corruptos da história manda e desmanda com a maior tranquilidade, tudo segundo a sua vontade. Completando este “condomínio de horrores”, o stf – escrito em minúsculo mesmo – é covarde e faccioso, por isso o País está passando por esta situação absurda que O envergonha diante do mundo.

Leave a Comment

Filed under Sem categoria

O Sindicato do Crime

O chefe do Sindicato do Crime

O chefe do Sindicato do Crime

O Golpe militar que ocorreu no Brasil no dia 31 de março de 1964, também conhecido como a “Quinta República Brasileira” e que instaurou um Governo Ditatorial, perdurou 21 anos de medo e terror estabelecendo neste país, todo tipo de crueldade, atrocidades e barbáries. Através do AI 5 – Ato Institucional número 5 – pessoas foram torturadas, algumas desapareceram e até hoje não se sabe o seu fim. A Constituição de 1946 foi substituída pela de 1968 ao mesmo tempo em que o Congresso Nacional foi dissolvido. Este pesadelo teve seu final no dia 15 de março de 1985.

Vivemos hoje momentos muito parecidos. Vivemos a guerra fria, mas não tão fria assim. Acho que seria, para os dias de hoje, uma boa ideia a dissolução deste Congresso, que é um misto de palhaços com propineiros e corruptos da pior espécie já vista na face da terra.

Rasgar a Constituição Brasileira virou rotina. Moro e a corja de Cunha, Temer – o Brutus dos tempos modernos – FHC e os donos das Organizações Globo de Comunicação com seus bombardeios midiáticos, já vem rasgando a Carta Magna há bastante tempo.

É o Sindicato do Crime que se instalou no Planalto Central e quer de qualquer forma governar o País e, diga-se de passagem, com a conivência de um STF inoperante – com relação ao Impeachment – cujo adjetivo mais correto seria covarde, e de braços dados com um MPF do mesmo nível.

Infelizmente não vivemos em um País livre; um País onde se respeite os direitos do cidadão, haja vista que uma candidata é eleita por mais de 54 milhões de votos e que, sem cometer crime algum, deve ser impitimada para que volte ao poder um Sindicato do Crime capitaneado pelos maiores ladrões e traidores já vistos neste País.

A Democracia foi aviltada por este grupo de facínoras acompanhados pelos coxinhas – estes na sua grande maioria analfabetos políticos e por que não dizer, analfabetos funcionais. São os brancos da zona sul que não aceitam que suas filhas loiras de olhos azuis, na Universidade, sentem ao lado de um negro pobre e de cabelos “ruins”.

Mas, segundo Vladimir Putin, presidente da Rússia, há grande participação do Governo dos EUA financiando todo este imbróglio, na tentativa de herdar o pré-sal e a Petrobrás.

 

Leave a Comment

Filed under Sem categoria

O parlamento circense

Deputados de oposição e situação se manifestam no plenário. Artigo compara atitude de parlamentares a palhaços em um picadeiro circense.

Deputados de oposição e situação se manifestam no plenário. Artigo compara atitude de parlamentares a palhaços em um picadeiro circense.

“Quando você estimula uma mulher a ter os mesmos direitos do homem, ela querendo trabalhar, a sua parcela como mãe começa a ficar anulada, e, para que ela não seja mãe, só há uma maneira que se conhece: ou ela não se casa, ou mantém um casamento, um relacionamento com uma pessoa do mesmo sexo, e que vão gozar dos prazeres de uma união e não vão ter filhos.” – Marco Feliciano.

Após ouvir uma declaração desta pessoa dotada de poucos predicados intelectuais, que em seu pronunciamento grotesco agride a própria mãe; após ouvir as homenagens de outro não menos imbecil, Jair Bolsonaro, que vai, infelizmente, entrar para a história com a frase: “pela memória do coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra, o pavor de Dilma Roussef”, o eleitor brasileiro deve ficar estarrecido com a qualidade dos que foram eleitos para representá-los no Parlamento.

Então fica a dúvida: quem são os piores? Os políticos que armaram no fatídico dia 17 de abril de 2016 um circo de horrores, ou os eleitores, na sua grande maioria analfabetos funcionais e totalmente desconhecedores da história política deste País? Sendo que, o nome de Deus por diversas vezes foi pronunciado em vão.

Deputado Marco Antônio Feliciano (PSC-SP), apresenta atitude e discurso reprovável.

Deputado Marco Antônio Feliciano (PSC-SP), apresenta atitude e discurso reprovável.

A mediocridade dos nossos parlamentares é tamanha que, a partir de determinado momento, parecia estarmos assistindo a um programa humorístico. É inadmissível um parlamento com tanta falta de compostura e de compromisso com a sociedade, que eles “pensam” representar. Alguns com certeza absoluta, não sabiam nem o que estavam votando nem qual a essência de impeachment; o que é democracia e muito menos comunismo.

O show circense teve dois fatos que levaram a sessão ao ápice da irresponsabilidade e do surrealismo: a guerra de cusparadas de Jean Willis contra Bolsonaro e os elogios “deslumbrantes” da deputada Raquel Muniz (PSB-MG) que dedicou seu voto ao seu marido, Ruy Muniz (PSB-MG) prefeito de Montes Claro, Minas Gerais, que em sua opinião é um exemplo de lisura, bom caráter e modelo para um Brasil melhor. Conclusão: no dia seguinte acordaram com a Policia Federal em sua porta e levaram o Marido/prefeito preso por corrupção. E lá se foi o futuro do País parar atrás das grades!

Os “gênios” do circo parlamentar brasileiro banalizaram não só o processo do impeachment, como toda política brasileira que nunca foi um segmento sério e também, expos o Brasil para o exterior, como não mais um País de bananeiras, mas um País de “Bananas”.

Diante de todos estes imbróglios pode-se afirmar que o mundo das mulheres nunca mais será o das dondocas nem o das escravas e sim de mulheres fortes e decididas, queira ou não os Felicianos e os Bolsonaros da vida.

Leave a Comment

Filed under Sem categoria

O Xhou da Xuxa parlamentar

Eduardo Cunha FOTO divulgação

Eduardo Cunha
FOTO divulgação

Senhor presidente, em nome de minha filha Isabel, meu filho José, minha esposa Elisabethe, meus netos Carlos, João e Filomena, pelas orientações que meus amigos do clube da esquina me deram, em nome de minha mãezinha, dona Maria que está em Sorocaba, pelos ensinamentos que meu pai, homem honesto e de caráter ilibado, me passou, em homenagem a turma do Botafogo do Rio, pela Igreja Quadrangular eu voto SIM, mesmo o senhor, Presidente, sendo um canalha, um facínora, indiciado pelo STF e que não deveria estar presidindo esta seção histórica. Tchau querida!

O que se viu neste domingo, 17 de abril de 2016, foi estarrecedor. 90% dos “pseudo deputados” que participaram da votação em que tentaram levar a Presidente Dilma Rousseff para a guilhotina, são imaturos, chegam até a serem infantis, sem nenhuma consciência de Ciência Política; analfabetos políticos, mas com muito “gogó” na hora de falar. Alguns interpretando um personagem surrealista com seus achaques, parecendo que iria dar um “tremelique” ou um infarto. Infelizmente isso não aconteceu. Parecia mais um show de auditório, tipo os antigos Xhou da Xuxa!

O nome de Deus foi evocado por diversas vezes em vão. Cunha, o chefe da quadrilha parlamentar, pediu – e ele tinha motivos pra isso – que Deus tivesse misericórdia do Brasil. Claro. Devemos perder a Petrobrás, uma das maiores empresas do mundo em produção de barris por dia, o Pré-sal, Eletrobrás, Infraero, conquistas históricas dos trabalhadores, Minha Casa Minha Vida, Bolsa Família, Ciência sem Fronteiras, etc.

Para aumentar mais ainda o descalabro na falta de caráter do Presidente da Câmara, Eduardo Cunha – que transformou o Brasil em uma república bananeira (diga-se de passagem, que o Brasil era conhecido como República de Bananas, agora será conhecido como dos bananas) – passou a ser alvo de mais uma denúncia de última hora. Conforme denunciou o empreiteiro Ricardo Pernambuco, da Carioca Engenharia, foi cobrado por Eduardo Cunha uma propina no valor de R$ 53 milhões parcelados em 36 vezes pela construção do Porto Maravilha no Rio de Janeiro. Foi entregue pelo delator aos investigadores uma planilha confirmando 22 depósitos já efetuados. Segundo o The New York Times, a Presidente Dilma corre risco, no Senado, de ser afastada por crimes que não cometeu. É O GOLPE, mas não vem ao caso.

Durante os próximos dois anos, o Governo – que não se tem certeza absoluta que será o Temer – deve subsidiar alguns segmentos tipo gasolina, energia entre outros para parecer que as coisas estão indo bem. Mas até quando vai aguentar manter esta sistemática, mesmo sendo com o dinheiro dos nossos impostos?

Em 2018, com certeza absoluta, a nova oposição aos coxinhas e ao governo do PIG – Partido da Imprensa Golpista – estará mais fortalecida seja seu candidato Lula, Wagner ou outro qualquer, porque o povo não é bobo e vai sentir na pele os prejuízos causados por esses facínoras e pelas Organizações Globo de Corrupção.

Leave a Comment

Filed under Sem categoria

Por que Dilma Rousseff está sendo caçada?

A presidente Dilma Rousseff está sendo condenada por um crime que não cometeu. FOTO: Apeixoto

A presidente Dilma Rousseff está sendo condenada por um crime que não cometeu.
FOTO: Apeixoto

Em qualquer recanto do mundo uma pessoa para ser condenada e punida, precisa no mínimo ter cometido um crime. Não é o que ocorre nos últimos dias no Brasil. A presidente Dilma Rousseff está sendo condenada por um crime que ninguém – nem mesmo os seus carrascos acusadores – sabe informar qual é. Onde está o ilícito? Onde está a má fé?

Pode-se até dizer que tudo isso está acontecendo por culpa da omissão do STF que tem competência para julgar e não o faz. Ainda que se trate de ato praticado pela Presidente da República, não haverá foro privilegiado, pois é competente a Justiça de Primeira Instância.

Por sua vez o MP (Ministério Público) se tornou em uma verdadeira linha do equador: Todos acham que existe, mas ninguém vê. Só é possível perceber que este Ministério existe se for em uma ação contra Lula ou o PT.

Desta forma, “chefiados pelas” Organizações Globo, está em curso um golpe sórdido onde os lacaios do PIG (Partido da Imprensa Golpista), apoiados pelos coxinhas compostos pela burguesia branca de classe social abastada e que nunca trabalhou – grande parte deste grupo vive as custas de alguém – e que são analfabetos políticos e não conhecem a história política do Brasil, colocam em detrimento a democracia e “caçam” uma Presidente honesta, que permitiu o combate à corrupção, dando total liberdade à Polícia Federal para tal fim

A insanidade dos que compõem o PIG é tão perversa que chegou ao ponto de o “jornalista” Helio Schwartzman, um dos integrantes do quadro da Folha, publicar em um dos seus artigos que o impeachment é o caminho mais civilizado para destituir Dilma Rousseff do cargo de Presidente da República. Mais civilizado até do que o assassinato. “O impeachment tem a vantagem de ser uma saída prevista pela Constituição e muito mais civilizada que o assassinato, mas com a desvantagem de entregar o poder ao PMDB, um partido que está tão metido quanto o PT nos malfeitos que deflagraram a crise. O ponto é que, a essa altura, a situação econômica é tão ruim que mesmo uma mudança incerta parece preferível à certeza de manter o ‘status quo’”, afirmou.

Não está este elemento desclassificado insuflando, ainda mais, a violência que já não é pouca? Os ânimos já estão acirrados e ele quer jogar gasolina para apagar o fogo? É um irresponsável transbordando ódio por todos os poros.

Na realidade todos sabem que este pedido de impeachment é uma manobra criminosa do Eduardo Cunha, na tentativa de bloquear as investigações sobre seus diversos delitos. Pode-se observar que esta atitude odiosa sucede em decorrência do anuncio dos Partidos dos Trabalhadores em ser favorável à abertura de apuração das denúncias contra o Presidente da Câmara.

Infelizmente o político brasileiro, em sua grande maioria, além de ser corrupto, falta-lhe maturidade suficiente para conduzir o País.

1 Comment

Filed under Sem categoria

Por que Cunha Não cai?

Eduardo Cunha possui contas na Suíça

Eduardo Cunha possui contas na Suíça

Um mero ladrão de galinha, que roubou para se alimentar, já teria sido preso, tomado todo tipo de “catiripapos” e condenado a cumprir pena em uma cela fétida, sabe-se lá até quando.

Enquanto que o Presidente da Câmara, Eduardo Cunha, possui contas na Suíça, foi delatado diversas vezes na Lava Jato – segundo reportagem da revista Época – recebeu R$ 52 milhões de propina para liberar dinheiro do FI-FGTS para empresas, é réu em uma ação penal no Supremo Tribunal Federal, continua no cargo exercendo suas “funções”. Não cai e muito menos será preso.

O que dá sustentação ao Eduardo Cunha? Em tempos não muito distantes, diriam que “ele tem um bom costas largas”. Porém hoje, pode-se dizer que ele tem muitos – sujeitos iguais a ele – com o “rabo preso” em seu bolso ou em seus negócios escusos.

Um dos principais sustentáculos de Cunha é a família Marinho que, através do Jornal Nacional e de todo o seu quadro de jornalistas inescrupulosos distorce as notícias, direcionando-as no sentido de livrar Cunha das acusações e, ao mesmo tempo, prejudicar a Presidente Dilma Rousseff, Lula e todos do PT ou a ele ligados. Além desses, os deputados que receberam ajuda financeira deste escroque “travestido de político honesto”.

O mais inexplicável ainda é que está em andamento um processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff, conduzido por pessoas das mais corruptas do Brasil. Segundo o jornalista Glenn Grenwald, vencedor do prêmio Pulitzer de Jornalismo em 2014, ‘o fato mais bizarro sobre a crise política é que, de Michel Temer a Eduardo Cunha, passando pelos tucanos Aécio Neves e Geraldo Alckmin, os adversários mais influentes de Dilma Rousseff estão envolvidos em chocantes escândalos de corrupção bem mais sérios do que os que são dirigidas à mandatária”. Critica também a cobertura midiática, embaraçante e sensacionalista, exibida pelo Jornal Nacional e por outros programas e veículos de comunicação das Organizações Globo.

Eduardo Cunha transformou a Câmara dos Deputados e, indiretamente, o Brasil, em seu “feudo particular”, onde ele rasga a Constituição Federal quantas vezes quiser, determinando o que bem entender segundo a sua “suprema” vontade. Ele é a prova viva do “quanto pior melhor”, do “tô nem aí pras leis”. O que vale é o jogo de interesses, onde quem manda é um grupo midiático que – fazendo a cabeça de milhares de brasileiros teleguiados – sonha em derrubar um governo eleito democraticamente.

O Ministro Marco Aurélio Mello do Supremo Tribunal Federal, ordenou que fosse aberto um processo de impeachment contra o vice-presidente Michel Temer imediatamente, porém o Presidente da Câmara Eduardo Cunha, anunciou que não iria cumprir esta ordem.

Desta forma o destemido Cunha – sempre trazendo no semblante uma expressão de esquizofrenia – passa a correr sérios riscos de ser destituído do cargo de Presidente da Câmara dos Deputados – paga-se para ver. “É impensável que não se observe uma decisão do supremo. A decisão não é do cidadão Marco Aurélio, é do Supremo e deve ser observada. Se houver descumprimento é crime de responsabilidade e sujeito a glosa penal”, informou o Ministro Marco Aurélio Mello.

Vamos dar tempo ao tempo e pedir a Deus que tudo seja resolvido da melhor forma possível porque, do contrário, vai estourar uma guerra civil sem sombra de dúvidas.

Leave a Comment

Filed under Sem categoria

Queremos um Brasil melhor

Por um Brasil melhor FOTO: Apeixoto

Por um Brasil melhor
FOTO: Apeixoto

Os que vão às ruas protestar querem um Brasil onde possam tomar o café da manhã, almoçar meio dia, jantar a noite e poder mandar seus filhos e netos – todos – para a escola; querem um Brasil onde as escolhas dos cidadãos sejam respeitadas; querem um Brasil, sem ódio, onde “as discriminações” não existam. Um Brasil sem corrupção.

Na realidade, todo brasileiro quer um país com saúde, educação e segurança de qualidade; que seus direitos de cidadãos sejam respeitados, ao contrário do que está acontecendo atualmente, quando as forças oposicionistas e midiáticas, capitaneadas pelas Organizações Globo – o PIG – querem dar um golpe contra a Democracia cerceando, desta forma, os direitos dos cidadãos.

Se computarem os prejuízos que os excessos da malvada Lava Jato impetrada pelo juiz Sergio Moro já causou ao país, e que são incalculáveis, conclui-se que estão todos perdidos no meio de um tiroteio. Pode-se computar superficialmente, através dos números exorbitantes de demissões na indústria naval e construção civil, entre outros segmentos. Mesmo assim, não se chegaria nem à metade destes danos. São perdas incalculáveis!

O povo brasileiro não quer um País onde se permite que um juiz de primeira instância vire um sujeito subserviente da grande mídia e de interesses de políticos de caráter escusos, trabalhando para agradá-los; permitindo somente as ações que sejam convenientes a esta grande mídia e aos seus “chefes”. Toda ação da Lava Jato só passa a ter sentido se forem do agrado destes, ou se for contra Lula, Dilma ou membros do PT.

Felizmente artistas e intelectuais, pessoas de visão mais ampla e apurada, resolveram erguer a bandeira em defesa da Democracia brasileira. Também compõem este time, jornalistas de diversos segmentos como é o caso de Juca Kfouri, que em entrevista ao brasil247.com, manda o seguinte recado aos golpistas Aécio Neves, FHC e Eduardo Cunha: “então, a situação do jogo é esta: se você torce para um time ou para o outro, ou quer que os dois sejam eliminados, você tem todo direito. Só não esqueça que a vitória roubada não é legítima, que sem respeito às regras não tem jogo. E que uma expulsão ilegal, nestas alturas do campeonato, pode virar um tremendo quebra-pau no estádio, pode virar uma tragédia”.

É fundamental para que o Brasil volte a crescer que se “lute” por um País de igualdades sociais amplas; melhor distribuição de renda, com índices de violência próximos de zero; sem discriminação social e/ou racial. Precisa-se, urgente, de um Brasil onde se possa colher, sem ódio, o que se plantou. Para concluir, é necessário um Brasil onde todos os segmentos sociais funcionem amplamente e com igualdade de direitos.

Leave a Comment

Filed under Sem categoria

As eleições e a Democracia brasileira

FOTO: Apeixoto

FOTO: Apeixoto

Em um regime democrático o poder de decisões políticas ocorre através da vontade do povo por meio de representantes eleitos pelo voto. Desta forma deveria funcionar a Democracia em qualquer país de regime democrático, inclusive no Brasil.

No entanto não é assim que acontece no Brasil, onde as eleições, que também deveriam ser integralmente determinantes para eleger os representantes legais do povo, não tem seus resultados respeitados pelos perdedores e por uma mídia com interesses escusos.

Em sociedades democráticas onde domina o Estado de Direito, não há mais – pelo menos é o que se espera – espaço para fanáticos golpistas e ultraconservadores de direita. Um golpe à democracia, com certeza absoluta, conduziria o País em direção à uma guerra civil ou a uma nova ditadura militar. Além de ser a última situação totalmente inconstitucional.

Porém, se infelizmente ocorrer o golpe, com que moral as autoridades irão convocar o cidadão brasileiro nas próximas eleições para registrar seu voto nas urnas, já que o voto do eleitor brasileiro não tem mais valor nenhum? O eleitor brasileiro está sendo transformado em um palhaço de um circo midiático, cujos interesses são de colocar no poder quem bem for do seu interesse. É preciso lembrar a estes golpistas de segunda, que nós, cidadãos brasileiros, não somos palhaços, ou simplesmente massa de manobra.

Será que teremos que voltar a votar no “macaco Tião” como forma de protesto?

O Artigo 14 da Constituição Federal que se refere aos Direitos Políticos dispõe que “A soberania popular será exercida pelo sufrágio universal e pelo voto direto e secreto, com valor igual para todos…”.

A soberania esta, ameaçada pela velha direita derrotada nas eleições e pela mídia golpista que apoiou a ditadura militar nos anos de chumbo.

A atual conjuntura política brasileira infelizmente nos leva a crer que estamos em plena rota para uma guerra civil, ou até, quem sabe, a volta da ditadura militar. Que Deus nos proteja.

Leave a Comment

Filed under Sem categoria