Problemas e soluções

As criaturas humanas passam boa parte da vida a dizerem que tem muitos problemas e que eles – a maioria, de difícil e, às vezes, de impossível solução – fazem com que as coisas não andem bem, que o mundo ande de cabeça para baixo gozando de uma total inversão de valores éticos e morais, de conceitos e preconceitos altamente duvidosos, que a ignomínia assola o mundo deixando-o cada vez mais impossível de nele se viver, coisas de difíceis explicações, ou de explicações, um tanto quanto, sombrias, passem a acontecer no dia a dia: o mistério, o enigma, a dúvida, acontecimentos obscuros, intricados e melindrosos, cada vez mais violentos e de forma bem confusa e mal definida, ocupam de maneira predadora, nossas vidas.

Problemas, problemas e mais problemas! O que seria de nós sem os problemas? O que seria de mim, sem os meus abençoados problemas de todos os dias? Oh! Os meus problemas!!! São eles o combustível que me impulsiona para cima, para o podium da vida, para o sucesso meu de cada dia, pois, resolvê-los, me faz sentir um tremendo sucesso, um vencedor que após a grande batalha, recebe os louros da gloria. Precisamos ver os obstáculos impostos, todos os dias, pela vida, não como problemas e sim, como uma oportunidade que a vida está sempre nos dando de crescer, quando buscamos as soluções para as propostas mais difíceis que nos são impostas e ao encontrarmos – as soluções – temos a oportunidade de comemorar mais uma vitória, uma conquista.

Na busca de soluções para os problemas, nos é dado a oportunidade não só de crescermos emocionalmente, mas também de descobrirmos as grandezas que existem adormecidas em nosso interior e que na procura da solução para cada problema, aflora à superfície do ego, com uma magnitude oponente e de brilho muito intenso. Essa grandeza ou talento, que se encontrava submersa nas entranhas do ser, somente foi encontrada e exteriorizada, através da solução de um problema.

Os problemas devem ser vistos como uma possibilidade de solução para as instabilidades da vida, ou a oportunidade que o destino está nos dando, de emergirmos de uma situação, aparentemente difícil, trazendo conosco, através de uma nova experiência, um talento desconhecido, até então. Existe uma máxima que diz: “é na adversidade que os homens crescem”. Se observarmos, foi nas duas grandes guerras que houve um grade avanço tecnológico, com o surgimento do radar, o aperfeiçoamento das telecomunicações, o uso da energia atômica – infelizmente de forma inadequada – e na medicina, a descoberta do antibiótico, da penicilina o surgimento de intervenções cirúrgicas, mais ousadas, entre tantos outros progressos surgidos. Diante disso, toda vez que a vida nos der “a graça” de sermos presenteados com um problema, aja com tranqüilidade e procure a solução que, com certeza, vai lhe trazer uma bela e agradável surpresa.

Leave a Comment

Filed under Textos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.