Deputado Tiririca: um exemplo para a juventude

Para que estudar? Freqüentar uma escola durante anos e anos, gastando dinheiro, perdendo tempo e depois de graduado disputar um espaço no mercado de trabalho, hoje nada fácil, para depois de enfrentar tantas dificuldades, não ser sequer necessário ser alfabetizado para se tornar um sucesso neste País? O Palhaço Tiririca é um exemplo; péssimo exemplo.

No Brasil quem estuda e exerce uma atividade honesta, ganha no final do mês uma “merreca”, enquanto um analfabeto se elege deputado Federal, tem o poder, status, e um salário invejável. Alguns dos nossos jovens, com certeza, estão pensando desta forma.

A eleição do palhaço, Tiririca que alguns dizem ter sido “voto de protesto”, o que não concordo, não passou de um ato irresponsável, que não acrescenta nada à sociedade nem ao País como um todo. Se as coisas não andam bem, vamos tentar concertar e não aumentar ainda mais os problemas já existentes.

Este problema não está restrito ao deputado em questão, mas a diversos outros que não tem o mínimo compromisso com quem o elegeu e vê o cargo de deputado apenas como uma forma de resolver seus problemas pessoais, principalmente os financeiros. Infelizmente o eleitor brasileiro é do mesmo nível ou pior. Está aí a explicação para a eleição destes candidatos exóticos e sem qualquer compromisso.

Outro fato inusitado, nesta eleição, é a interferência dos lideres evangélicos pressionando os que compõem os seus rebanho a votarem em determinados candidatos. Com certeza, os que defendem os interesses destes grupos. Isto leva a uma reflexão: saímos a pouco tempo da ditadura militar e entramos na ditadura evangélica.

Quanto ao Deputado Tiririca, um palhaço nordestino, o que mais impressiona é que ele foi eleito pelo estado responsável por 33,9% do PIB, apelidado como “A Locomotiva do Brasil”, sua capital, São Paulo é o maior centro financeiro, corporativo e mercantil da América Latina, uma das cidades mais populosas do mundo, com uma população formada por pessoas que se dizem politizadas. O fato acontecendo em São Paulo, porque no nordeste não tem – como diz o próprio Tiririca – “abestados”.

Leave a Comment

Filed under Textos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.